quinta-feira, 14 de maio de 2009

Professores querem tomar Reitoria e CT da UFPI


O professor Magnus Pinheiro, chefe do Departamento de Comunicação da Universidade Federal do Piauí, concedeu entrevista exclusiva a equipe do Web COMNEWS sobre a insatisfação e o mal estar entre os professores e a reitoria da UFPI.

Segundo ele, o elemento que gerou todo o mal estar foi o Ato Arbitrário da Reitoria da UFPI 538/09, que retira dos diretores de Centros Universitários, de Chefes de Departamentos e coordenadorias de curso para oferta de disciplinas e redistribuição de carga horária dos docentes, entre outras atribuições, passando estas tarefas, que são do dia-a-dia dos cursos, para o setor de recursos humanos da UFPI, sem que os conselhos sejam consultados.

Outro ponto discutido foi o não, cumprimento por parte da Reitoria, da votação que elegeu o diretor e o vice do Centro de Tecnologia (CT), que não tiveram o direito aos seus cargos.

Em resposta a todas estas ações da Reitoria e a insatisfação dos professores com relação a administração a as declarações feitos pelo Reitor, Luiz de Sousa Santos Júnior, os professores querem organizar uma manifestação com a ocupação da Reitoria e do prédio do CT, da UFPI, mobilizando professores, alunos e servidores.

Outra ação é formalizar junto ao Ministério Público Federal solicitação de investigação de possível NEPOTISMO CRUZADO entre autoridades administrativas da UFPI, autoridades administrativas da Prefeitura Municipal de Teresina e autoridades do Tribunal de Contas do Estado.

Vão ainda, formalizar denúncia junto ao Ministério Público Federal e ao Tribunal de Contas da União contra a Pró-Reitora de Ensino e Graduação, Guiomar de Oliveira Passos, por quebra do regime de dedicação exclusiva, já que a mesma desenvolveu atividades de ensino em diversas instituições particulares de ensino superior e na Secretaria Municipal de Educação de Teresina.

LEIA MATÉRIA COMPLETA SOBRE ASSEMBLÉIA GERAL DA ADUFPI


CONFIRA VÍDEO COM ENTREVISTA DO PROFESSOR MAGNUS PINHEIRO


video



Laryssa Saldanha

Nenhum comentário: